Mais ficções do Pinócrates!! agora com mais Estágios!

Mais ficções do Pinócrates!

ver video aqui

http://sic.aeiou.pt/programasInformacao/scripts/videoplayer.aspx?ch=nos+por+ca&videoId={CA41505A-7105-4186-B57B-D7F796A40DB1}

desta vez decide continuar a tentar enganar os portugueses com mais promessas… de Estágios!

fica bem claro que o Pinócrates chumbou nas aulas de português em que se ensinou o significado das palavras “Acção” e “Resultados”

Advertisements

6 comentários

Filed under Uncategorized

6 responses to “Mais ficções do Pinócrates!! agora com mais Estágios!

  1. Sócrates entra definitivamente na disputa da Superliga Incompetente-mor

  2. Ironia: a única forma de comentar a entrevista do PM

    Questionado sobre o que tem dito Cavaco Silva, respondeu: “As palavras do PR não se referem ao governo, porque o governo não está a fazer isso”. Pois não, Cavaco referia-se ao governo da Gronelândia.

    Sobre as grandes obras e os seus estudos de custo/benefício, Sócrates soube dizer apenas: “Vão ao site do ministério das obras públicas e têm lá todas as informações”. Muito obrigado Sr. PM. Excelente esclarecimento aos portugueses.

    Relativamente à crise que se abate sobre Portugal, o PM disse: “É preciso que os portugueses saibam que a OCDE prevê uma recessão para a Alemanha 5.6%, Itália 4.3%, Japão 6.6%”. Exacto, mas sobre o que se passa neste país, não precisam de saber.

    E disse mais: “Eu quero chamar a atenção para o seguinte: A Irlanda…”. Exacto, é essencial chamar a atenção dos portugueses para a Irlanda, e desviar as atenções do que se passa em Portugal.

    No meio das soluções para a crise: “Demos um apoio pré-natal que atinge 157.000 grávidas”. Olha, estás a ver que generoso que é este governo. Existem 500.000 desempregados, mas esses que se amanhem. Agora o complemento para grávidas, isso sim é essencial nesta altura.

    Por último, sobre o caso Freeport, José Sócrates disse: “Não tenho intervido sobre o caso Freeport, por respeito pela seriedade da investigação” […] “Há uma coisa que não quero deixar de dizer. A forma como nasceu o caso Freeport. Foi a PJ em conjunto com dirigentes do PSD e do CDS”. Então em que é que ficamos? a investigação é séria ou não?

    “Disseram que havia uma queixa em Bruxelas. Não é verdade, essa queixa foi arquivada”. Ora bem, se foi arquivada é porque havia realmente uma queixa. E sendo assim era verdade, certo?

    “Eu agirei contra todos aqueles que me citem neste processo”. Será que também vai agir judicialmente contra a polícia inglesa?

    “O silêncio dos outros profissionais, em relação ao Telejornal da TVI vai contra o código deontológico dos jornalistas”. Hum… e os comentários e artigos de opinião da sua namorada? Não vão eles contra esse estatuto também?

  3. Este incompetente governo insiste na implementação da escolaridade obrigatória até ao 12º ano. Eu, a este respeito, repito o que já tinha escrito em 18 Setembro 2008:

    A escolaridade obrigatória até ao 12º ano, é uma questão falada desde há uns anos a esta parte. Falada da esquerda á direita, é uma questão que gera consenso. Todos os partidos vêem com bons olhos a introdução desta medida. Medida que já estava na lei de bases aprovada pelo PSD em 2004 (e vetada por Jorge Sampaio) e num projecto de alteração à lei de bases de 2005 apresentada pelo PSD (e rejeitada pela Ministra).

    Após de alguma insistência do PSD, a Ministra já dizia que “sim”, mas nada fazia. Depois da intervenção do PR, a Ministra mudou novamente de opinião, dizendo agora que “talvez” seja possível fazê-lo. Mais uma vez, as acções não aparecem, nem sequer um sinal de que possam vir a acontecer. De notar que esta era uma das “bandeiras” do PS no seu programa de governo.

    Mas, é necessário reflectir um pouco sobre esta questão. Qual é afinal o objectivo de colocar a escolaridade obrigatória até ao 12º ano? Sem dúvida, será o de elevar os níveis de educação, conhecimento ou capacidade dos nossos jovens. Sendo assim, o simples alargamento da escolaridade obrigatória será suficiente?

    Se a prática for equivalente à utilizada até agora, definitivamente NÃO!! A passagem “administrativa” de alunos até à escolaridade mínima obrigatória, para que os Governos possam ter números que agradem aos olhos da população, continuará a minar a nossa educação, seja ela obrigatória até ao 9º ou até ao 12º.

    É necessário por isso voltar a colocar os patamares de exigência. É necessário voltar a dar condições aos professores. É necessário remodelar e actualizar escolas. É necessário passar á sociedade uma nova cultura de mérito. É necessário também combater o insucesso escolar com várias medidas. É necessário mudar o sistema de ensino facilitista, não só no secundário mas desde o 1º ciclo…

  4. Números pornográficos

    A JP Sá Couto ganhou a liderança do mercado nacional de portáteis no primeiro trimestre de 2009 em virtude das vendas do portátil Magalhães. Neste período, a empresa portuguesa apresentou um crescimento de 3.311,4% face ao mesmo período de 2008, o que correspondeu a 212 mil unidades vendidas.

    São simplesmente pornográficos os números obtidos pela JP Sá Couto (empresa que devia dinheiro ao estado). Um crescimento de 3.300 % !!! Quando todas as outras empresas concorrentes estão com imensas dificuldades, esta empresa amiga do governo, tem resultados destes. Numa altura de crise, não seria melhor dividir “o mal” pelas aldeias? Para Sócrates (o delegado comercial de vendas da Microsoft) não.

  5. Superliga “incompetente-mor”: Sócrates marca pontos

    Cerca de 18 mil micro empresas encerraram desde Janeiro […] De acordo com o presidente da ANPME, “há micro empresários a falir todos os dias” […] De acordo com dados divulgados à Lusa pela AIP, as micro empresas empregam 28% dos trabalhadores, mais 3% do que as grandes empresas.

    aqui, eu tinha falado das PME. Há já mais de 2 anos que o PSD tem alertado para a importância das Micro e PME. Marques Mendes até falou sobre a criação de um ministério para estas empresas. Manuela Ferreira Leite não para de alertar para a importância destas empresas na economia portuguesa. O PM não quer ouvir e continua a beneficiar apenas as grandes empresas.

    Depois do início da grave crise, José Sócrates – o auto-intitulado salvador das empresas portuguesas – anunciou ‘n’ medidas para as Micro e PME. Os programas PME Invest 1,2 e 3; redução de impostos (quais? em que condições?); beneficios fiscais (quais? em que condições?). Medidas essas, tão boas… que o resultado é o que se vê.

    Mais 3 pontos para José Sócrates na Superliga “Incompetente-mor”

  6. Excelente a vitória do PSD, com 5% de vantagem sobre o PS. Uma grande vitória de Manuela Ferreira Leite pela escolha do excelente cabeça de lista que foi Paulo Rangel. Uma vitória da forma de fazer política, de verdade, de seriedade, de honestidade. Uma vitória de um partido que apresentou propostas, ideias e estratégias.

    Uma derrota inequívoca de José Sócrates e do PS. Passam de 12 para 7 eurodeputados, perdem nos Açores (onde recentemente ganharam as Regionais) e ganham apenas em 2 distritos (sendo que em Lisboa foi apenas por 0,5%).

    Não pode haver a desculpa da crise internacional, que castigou os governos. Sarkozy, Merkl e Berlusconi venceram, enquanto que os governos socialistas de Brown, Zapatero e Sócrates perderam. Foi a derrota da politica socialista que é despesista, premeia a partidarite no lugar do mérito e do trabalho, apoia e legitima a corrupção.

    No contexto europeu, o PPE (onde se inserem PSD e CDS) será o maior partido com cerca de 260 deputados, contra os cerca de 150 dos socialistas (onde está o PS). A Europa teve consciência e sabe que rumo quer tomar.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s