Uma Branca na Memória Negra de Sócrates

Anúncios

8 comentários

Filed under Uncategorized

8 responses to “Uma Branca na Memória Negra de Sócrates

  1. Vamos para a frente JSD.

    É preciso divulgar mais esta iniciativa do “Pinócrates”.

    Dar a conhecer e lembrar aos portugueses, as falsas promessas que José Sócrates fez na campanha de 2005 e as mentiras que o mesmo proferiu durante todo o mandato.

    Keep up the good work !!

  2. Sergio

    Não é com este tipo de ataques que vão conseguir chamar a atenção!!! Os portugueses começam a ficar cada vez mais fartos deste oposição do “bota a baixo” em que recorrem a dados pouco precisos e à falta de criatividade em de vez de utilizar os recursos para geração de ideias e soluções que chamem à atenção dos eleitores…
    Ainda tenho esperança que não seja este o futuro dos nossos políticos!!

  3. João Lima

    Caro Luis

    Qual o dirigente de um país democrático ocidental que tenha cumprido as promessas que prometeu depois desta crise?
    É preciso não ser hipócrita e saber ser honesto. Estas questões devem ser debatidas com a verdade e na busca de soluções para o país e não de acordo com os teus interesses individuais.
    O PSD precisa de dizer claramente as soluções que preconiza para ultrapassar a crise a uma só voz e de forma, repito, honesta.
    Agora a JSD dispensa completamente o teu interesse no poleiro.

  4. Caro João Lima,

    Quanto ao cartaz da JSD que tanto o incomoda, recomendo que leia isto.

    Sócrates é eleito com base em mentiras, mas depois o João diz que “Estas questões devem ser debatidas com a verdade e na busca de soluções“… boa piada.

    O João diz que “O PSD precisa de dizer claramente as soluções que preconiza para ultrapassar a crise“. Mas o PSD já disse, muitas vezes, alto e bom som. Por exemplo: a descida da taxa social única, a alteração do regime de pagamento do IVA, o pagamento das dívidas do Estado às empresas e a extinção do pagamento especial por conta, ou a possibilidade da compensação de créditos entre o Estado e as empresas… o João anda distraído.

    Quanto ao meu interesse no poleiro… hehe… que vontade de rir.

  5. João Lima

    Caro Luis Melo

    Vendo as noticias de hoje verifica-se em como eu tinha razão.
    Finalmente MFL decidiu transmitir ao país o que pensa fazer para ultrapassar a crise. É certo que são mais umas medidas a cheirar a bafio ou outras contraditórias (acabar pagamento especial por conta que foi imposto por ela própria quando MF), mas não deixam de contribuir para o diálogo que se quer salutar e não do bota abaixo.
    Quanto às propaladas mentiras do Sócrates, aquela que poderia lhe assentar seria a da baixa de impostos qd foi eleito, mas esta advem das ocultações do estado do defice da altura (aí está novamente MFL).
    Agora, se a grande bandeira do Luis é mostrar o cartaz dos 150000 empregos não cumpridos, quando se vive actualmente uma crise inimaginável à dois anos atrás, é no minimo ser desonesto e, volto a dizer, é a politica do bota abaixo (como diz o amigo Sérgio).

  6. Caros João Lima e Sérgio,

    A presidente do PSD já apresentou propostas, que aliás foram recusadas pelo Governo sem razão aparente.Acho também piada que refira que Manuela Ferreira Leite queira acabar com um imposto criado por si, mas de seguida diga que Sócrates prometeu os 150 mil postos de trabalho quando a crise ainda não era previsível. Então só não era previsível quando isso serve de desculpa para as mentiras do Pinócrates? Para MFL tinha de ser? Muito coerente esse discurso…
    Quanto à política do bota-abaixo só gostava que vissem uma reportagem da TVI que retrata bem o que o PS fez enquanto oposição. E eu nem preciso de ir longe, basta-me ver a oposição que o PS faz no meu concelho.

    Saudações social-democratas,

    Nuno Carrasqueira

  7. Caro João Lima,

    Quanto á coerência do seu discurso, penso que o Nuno já disse tudo. Não vou repetir.

    Relativamente ao resto, o João diz bem “Vendo as noticias de hoje…” Pois, é o que eu venho dizendo. O problema de Portugal é que as pessoas se guiam pelo que vêm e ouvem nos orgãos de comunicação (dita) social. Esses instrumentos de poder e de interesses.

    O João não procura saber as coisas e apenas acredita no que vê na TV. Assim, não poderei discutir consigo. Não estamos ao mesmo nível.

  8. Sergio

    Caros,

    Apenas para responder ao Nuno, quando fiz o meu comentário não estava apoiar acções de campanha do PS, nem acredito que seja um exemplo a seguir.

    Relativamente às propostas apresentadas pelo PSD, penso que não haverá dúvida que algumas são boas, que deveriam ser debatidas e consideradas pela oposição, mas outras são irrelevantes no contexto de uma crise económica. Mas talvez o problema fundamental nestas medidas é que são tardias e houve uma falta de eficácia na forma como elas foram comunicadas como comenta José Júdice no Publico de 2009/02/20 …

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s